janeiro 31, 2013



A falta.

A falta do abraço, do sorriso.
Do cheiro, do gosto do beijo.
Do segredo, do amor, do medo.
Das noites de lua cheia, da casa cheia.
Cheia de mim, cheia de você.


Postar um comentário